Article

Pacificadores – Sex.29/10

O que você faz quando tem a razão?
O que você faz quando uma pessoa difícil de relacionamento está errada e isso pode te prejudicar?
Talvez a sua escolha seja a de se defender e se proteger para que não corra risco nenhum.
Talvez você não interfira e deixe as pessoas colherem as consequências plantadas.
Mas você teria coragem de assumir a culpa que não é sua?

Ser pacificador é se colocar entre duas pessoas tentando agradar a “grego e troianos” como costumamos dizer, para que as duas partes estejam satisfeitas.
Essa é uma posição nobre, e uma atitude admirável, mas quando não estamos envolvidos nos problemas. Agora, tomar a posição do errado para tentar concertar o erro que não é seu, para que o errado não tenha consequências ruins, não é nada fácil.

Embora a cultura contemporânea nos estimule a deixar cada um cuidar dos seus respectivos problemas, Abigail se condenou, assumiu uma culpa que não era dela, para que a paz pudesse ser mantida para seu lar e todos os que dependiam daquela família.

Várias lições podem ser extraídas desse evento, mas nesse momento quero apenas refletir na atitude de Abigail tomar uma culpa que não era dela, para que o culpado pudesse receber a paz que não era merecida.
Essa atitude me fez pensar em Cristo. Não sendo culpado, não tendo errado, não merecendo condenação, assumiu a minha culpa, o meu erro, a minha condenação para que eu pudesse receber perdão, absolvição, vida eterna.

Sendo assim posso ver a graça na atitude de Abigail, de maneira que podemos ver Cristo antes de Cristo.

E você? É um pacificador? É um mediador de Cristo para os culpados?

Deus te abençoe. E que você possa ser um meio pelo qual as pessoas possam ver Jesus Cristo.

Feliz Sábado

Abraço

Pr. Rafael Malisani Martins

Share

Um comentário to “Pacificadores – Sex.29/10”

  1. RAFAEL MARCOS GARCIA
    10 de dezembro de 2011 at 15:59 #

    Parabéns pelo site, Jesus é o caminho a verdade e a vida.

Faça seu comentário