Archive by Author
Article

“Nível Raso” – Dom. 12/10

pescador

Ele O viu e quis o mesmo. Quem não iria querer?

Um homem acostumado com os frutos do fundo do mar, poder andar sobre ele.

Quem não?

Ele queria experimentar aquilo. Já tinha visto tanto D’Ele…queria um pouco daquilo nele! Queria um pouco do poder.

Pedro queria caminhar sobre as águas. Não queria mais a mediocridade de participar de algo grande e não fazer “nada grande”.

Queria aquele poder.

Não sabia que vontade era aquela que tomava conta dele…o fazia se sentir só…mas queria mesmo assim… E afundou…

Walking on Water

Assim caminhamos…

Envolto em algas mal cheirosas, molhados…repletos de maresia…mas não importa…estamos andando sobre as águas.

Esquecemos em algum ponto que o “nível raso”, não está onde caminhamos…e sim na nossa vida…nas decisões que tomamos…nas palavras proferidas…no que almejamos…

Não temos mais fome de Deus….só de poder…

Perdemos o assombro, perante o Poder do Pai.

E quando deslumbramos um pálido vislumbre de poder, ao invés de nos sentirmos poderosos, nos sentimos sós em meio ao escuro…

Quando pararmos de olhar para o espelho e olharmos para Ele, o chão irá parar de tremer.

walks-on-water

Aí…e só aí…usufruiremos do verdadeiro poder.

Aí finalmente sairemos da mediocridade…do “nível raso”…

“Eu não quero terminar assim…”

Davison Silveira

Faça seu comentário
Article

Portadores – Dom. 28/09

love-god-love-others

Em Lucas 10:25-29, Jesus recebe a indagação de um perito na lei, que quer saber o que fazer para herdar a vida eterna. E é nesse momento que Jesus, pega os 10 mandamentos e os condensa em apenas dois. Amar a Deus de toda a alma, de todas as forças e de todo o entendimento. E amar o próximo como a nós mesmos. Ao que respondeu o perito: “Quem é meu próximo?”. Isso não lhe parece familiar?

Vou explicar porque parece a mim.

Nesse momento Jesus respondeu com a parábola do bom samaritano, para explicar a segunda parte do grande mandamento. Mas percebam, que NINGUÉM lhe pediu que explicasse a PRIMEIRA parte do grande mandamento. E se pararmos pra pensar, até hoje passamos boa parte do nosso “precioso” tempo em nossas igrejas e pequenos grupos falando sobre amar o próximo ( embora isso cada vez mais pareça ser algo apenas teórico), e , raramente acabamos considerando o que significa amar a Deus de todo o coração, toda a alma, toda a força e toda a mente.

bom_samaritano

Quando pediram a Jesus para indicar o maior mandamento, ele juntou as palavras de Deuteronômio 6:5, o amor a Deus, com as de Levítico 19:18, o preceito do amor ao próximo. Jesus, obviamente sabia distinguir um mandamento do outro. Mas ele fez esse verdadeiro amálgama de preceitos para demonstrar como os dois andam de mãos dadas.

E essas palavras de Cristo, devem ser interpretadas como uma declaração pessoal! Uma declaração de atitude pessoal! Cristo está dizendo que suas palavras ecoam o amor dele pelo Pai. Em João 14:31 Ele declara solenemente: ” É preciso que o mundo saiba que eu amo o Pai e que faço o que meu Pai me ordenou.” Essa é a declaração clara de Cristo: Deus é, e isso basta!!!

Para muitos pode parecer que esse lugar de descanso, esse oásis de perfeita paz, é uma abstração. Um sonho. Mas não é! E muito menos uma desculpa para nos afastar das necessidades deste mundo, que tão urgentes são. Muitos de nós tem tentado buscar a Deus. Temos implorado a Deus que se revele a nós. Mas Paulo diz em I Coríntios 3:16: “Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?”

16436852_s

O reino de Deus vive dentro de nós! Mas para desfrutar dele em nossas vidas, é necessário que desaceleremos. É primordial que se desacelere o nosso tempo humano e necessário que nos calemos. Que nos calemos para ouvir. Deus sempre esteve ali. E ali Ele continua!

Ao amar Deus de todo o coração, toda a alma, toda força e toda a mente, Jesus foi de uma transparência ímpar!

Não havia um “eu” a ser visto em Cristo. Apenas Deus e todo o Seu amor incomensurável, incondicional…e supremo!!!

O poder de amar a Deus de todo o coração é um direito seu! Um direito inato!

É esse direito que nos permite passar por esse mundo infame como portadores de luz.

E como portadores da imagem de Deus!

Davison Silveira

Faça seu comentário
Article

De Tempestades e Arco-Íris – Dom. 21/09

35_jesus-cleanses-the-temple_900x600_72dpi_1

Leia João 2:13-22. Essa passagem sobre a purificação do templo, sempre foi para mim uma cena que me deixou sem chão. Fui acostumado com a imagem de Jesus, como o Bom Pastor, e como um cordeiro submisso. Mas de repente dou de cara com um Salvador cheio de fúria gritando: “Saiam daqui! Onde vcs pensam que estão? Isso não é um shopping center. Essa é a casa de Meu Pai! Onde foi que vocês deixaram a reverência de vocês? Sumam daqui!!!”

A grande verdade é que temos nos tornado em grandes mentirosos. E que temos mentido a nós mesmos! E temos feito isso por tanto tempo, que transformamos em verdades absolutas nossas aconchegantes ilusões e explicações! Elas se tornaram em nosso lindo e fofinho coelhinho de pelúcia! E nos enchemos de orgulho e de soberba ao apontarmos para os ateus e agnósticos, dizendo o quanto se apegam as suas mentiras e afrontas a Deus e as transformam em verdades! Mas corremos o sério risco de nos tornarmos numa classe nociva e nefasta que pretensamente está aberta ao Espírito de Jesus, mas que não cria raiz alguma. Defendemos as mudanças na igreja, pela simples mudança. Corremos em busca do cisco do olho dos nossos líderes, mas não enxergamos a viga em nossos próprios olhos. Fazemos manifestações contra o aborto, mas não lutamos pela vida do muçulmano, da prostituta, do mendigo, do homossexual, do ateu e do bandido. Como é fácil nadar a favor da correnteza!!!

brasil-sul-nenens-a-bordo1

Jesus certa vez disse, que deveríamos nos tornar como crianças. Tenho observado minha filha prestes a completar 5 anos. Seu sentimento de assombro, de surpresa, de puro deleite com a vida e com a realidade a sua volta. Olhe para o rosto de minha filha quando ela enxerga sua coelhinha de pelúcia, ou quando ganha chocolate, ou quando assiste seu DVD favorito. Era a esse tipo de sentimento que Jesus se referia. Nós já fomos assim. Mas não prendemos mais a respiração ao vermos um arco-íris ou uma rosa, ou um gato miando em cima do muro.

Perdemos o assombro!!!

Um velho pensador disse certa vez, que quanto mais o homem sabe sobre meteorologia, menos inclinado fica a orar num temporal. Hoje as tormentas são fotografadas pelos satélites. A teofania se tornou um incômodo! Não somos mais capazes de nos maravilhar e sentir medo. Hoje, alguém que vive no Peru, é capaz de dar risadas em meio a um tremor de terra, tão acostumado que está com eles. Perdemos nosso assombro perante Deus! Algumas pessoas encaram isso como maturidade, progresso pessoal. Mas eu encaro, essa falta de assombro que há em mim mesmo, como perda de equilíbrio.

c5f04690

Deveríamos nos sentir envergonhados pela Palavra de Deus, por que ela nos diz tanto daquilo que não fazemos questão de ouvir. Mas por que não ficamos? Por que a Palavra de Deus, não nos aflige, amedronta e choca?

Louvo a Deus pela primeira bem-aventurança: “Bem aventurados os pobres de espírito, pois deles é o Reino dos Céus!” Eu, um pobre de espírito! Eu, que dependo de Deus para tudo! Eu, repleto de deméritos! Eu, o pouco apreciado! Eu, o sem importância! Eu, o desprezado!

1300996293_47317340

Mas Deus prefere os desfavorecidos! Deus se agrada dos mais desgraçados! É na miséria do pecador que Jesus vê a possibilidade de salvação! Abençoados são vocês, conscientes de sua falta de mérito e prontamente abertos a misericórdia divina. O cristão mais jubiloso é aquele mantém em seu íntimo um sentimento de assombro, temor e deslumbramento diante de Deus! Vive na total dependência de que tudo o que tem vem de Deus! De que é completamente dependente de Cristo!

De que Jesus salva!

Davison Silveira

Faça seu comentário
Article

Tempos Estranhos – Dom. 14/08

129_186-duvida tribo israel

Tempos estranhos esses em que vivo, onde não posso lamentar a morte de um homossexual que foi assassinado, se não me importar primeiro pelos cristãos que são assassinados no mundo todo por sua fé.

Tempos estranhos esses em que só posso dizer a uma pessoa com necessidades que ela pode passar no setor assistencial da minha igreja, para pegar umas roupas e alimentos, SE ELA PROMETER ASSISTIR UM CULTO.

Tempos estranhos esses em que só posso atingir uma congregação em um sermão, se fizer ela toda chorar, ou se fizer ela toda vibrar de raiva do pecado e DO PECADOR!

Tempos estranhos esses, em que um irmão fica afastado dos cultos por problemas de saúde e vou visitá-lo apenas para lembrar-lhe que mesmo que não se esteja indo aos cultos, o dízimo PRECISA SER DEVOLVIDO.

Remember-to-pray

Tempos estranhos esses onde preciso ter uma “linda” apostila para lembrar de orar de madrugada.

Tempos estranhos esses onde me fazem acreditar que oração na madrugada tem mais “poder” que em outros horários.

Tempos estranhos esses onde critico a pirataria de CDs de músicos cristãos e distribuo a rodo as cópias que fiz dos DVDs de evangelismo.

Tempos estranhos esses onde critico um músico cristão por cobrar para se apresentar, mesmo que aquele seja seu ganha-pão, mas não hesito em gastar metade do que ganho em um terno para o culto de Sábado.

imagem

Tempos estranhos esses onde cantamos “Somos teus, Senhor!”, mas na hora dos problemas…não é a Ele que recorremos…e sim a nós mesmos…Ele deixa de ser nosso…

Tempos estranhos esses…

Davison Silveira

Faça seu comentário
Article

Deus…a nossa imagem e semelhança…– Dom. 31/08

Prisoner-False-Claims-2

Volta e meia sou atacado com acusações de não ir mais ao templo. Sou lembrado que coisas ruins estão acontecendo em minha vida, por não colocar meus pés em um templo há tanto tempo que simplesmente não me recordo.

Dizem que coisas boas começariam a acontecer se eu começasse a ir novamente. Eu comecei a não ir, por motivos pessoais. Depois os motivos foram se avolumando de tal maneira, que não foi mais possível. Mas tenho tentado achar maneiras de que isso possa ocorrer novamente.

Stack-of-Bibles

Me questionam que se eu lesse mais a Bíblia, eu poderia ter Deus mais presente em minha vida. Que se eu orasse mais, poderia ouvir mais a voz de Deus.

Nem mesmo minhas 4 Bíblias colocadas estrategicamente ao lado de minha cama, parecem convencê-las de que se eu não as lesse, elas estariam na estante e não ali.

Estas pessoas também desconhecem, que ouço a voz de Deus, quando choro escondido no banheiro, pensando no banheiro…que quando caminha na madrugada escura, indo para o trabalho, de fone nos ouvidos, e toca uma música especial, ouço Ele me dizendo: “Olha…ouve essa…tem tua cara…”. Que Deus é presente em minha vida, quando ninguém mais é…

father_Praying_Daughter

Essas pessoas não sabem que oro de madrugada, ao lado da cama da minha pequena, pelo simples milagre da vida dela, que fez com minha vida fosse um milagre também…

Tão triste olhar para as pessoas e ver o deus limitado por templos que elas seguem…

Davison Silveira

Faça seu comentário