Archive by Author
Article

Escolhas – Seg. 13/10

p93pJ

Todos nós somos provados e tentados constantemente, mas afinal, qual a diferença entre essas duas coisas? O comentarista bíblico Warren Wiersbe expressa a ideia de que as tribulações apresentam-se na forma de provações exteriores enviadas por Deus ou tentações interiores enviadas por Satanás e estimuladas por nossa própria natureza caída. Deus nos manda provas que nos auxiliam em nosso amadurecimento e crescimento espiritual, porém ao vivenciarmos circunstâncias difíceis, podemos nos pegar murmurando contra Deus, questionando seu amor e resistindo à sua vontade. Nesse ponto, Satanás aparece com a oportunidade de escapar das dificuldades. Essa oportunidade constitui uma tentação.

tentação

Ser tentado não é o problema, não é pecado, mas o problema está na resposta que damos à tentação. As tentações aparecem em nossa vida das mais diversas formas possíveis e imagináveis, porém em 1Co 10:13 encontramos uma saída “…juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que possais suportar.”, ou seja, para cada tentação que aparecer em nossa vida, temos um livramento, uma forma de superá-las.

biblia-arma-de-guerra

Meus filhos gostam de brincar com um joguinho no tablet em que um viajante precisa atravessar os mais variados tipos de caminhos como montanhas cobertas de neve, estradas irregulares, linhas férreas e etc. para isso, ele dispõe de carros, motos, trens e até barcos, cada um desses veículos tem uma infinidade de acessórios para obter um melhor desempenho e conseguir vencer os obstáculos, como por exemplo, o tipo de pneu, a suspensão, dentre outros. A escolha do veículo e o conjunto adequado de acessórios influenciam diretamente no resultado que o viajante obterá. Da mesma maneira nós, ao enfrentarmos as tentações nos caminhos que temos que percorrer, temos à nossa disposição o conjunto ideal entre veículo e acessórios preparados por Deus para utilizarmos. Não basta apenas possuirmos as opções nas nossas configurações do “jogo”, precisamos saber qual o melhor conjunto para cada situação. Isso o próprio Cristo nos ensinou onde buscar a melhor escolha, quando ao ser tentado no deserto, venceu o inimigo dizendo sempre “está escrito…”. Além de ter as opções a serem escolhidas, Cristo as conhecia e sabia como utilizá-las. Com a ajuda dEle também poderemos saber como proceder quando as tentações chegarem.

Fabricio da Silva Begnalia

Faça seu comentário