Archive by Author
Article

Maior Tesouro – Dom. 24/06

“Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva” João 4:10 (João 4:10).

Muitos de nós estamos parecidos com a mulher samaritana, perdidos. Não sabemos onde estamos ou para onde vamos. E muitos estão assim, mesmo dentro da igreja.

Quando isso acontece, podemos achar que não há mais propósito, mas o nosso Criador é amoroso e vai em resgate de Seus filhos, como fez com a mulher samaritana. Ele lhe ofereceu a “Água da Vida” ou como ele fez comigo, me oferecendo uma nova vida, uma nova visão.

Podemos ver o amor de Deus para conosco pelo maior presente oferecido a nós, a ‘vida eterna’. Um presente dado a nós de graça, mas que para Deus custou muito. A vida de Seu filho, Jesus que morreu por mim e por você.

O ‘Maior Tesouro’ de Deus não ficou guardado. Ele nos deu de coração. Um gesto de amor grandioso. Você daria seu maior tesouro a alguém?

Cada vez que começamos a nos afastar de Deus, Ele estende a mão para nos resgatar e nos mostra porquê nos ama.

Deus deu àquela mulher uma nova vida, uma nova esperança, onde ela se sentiu tão grata que contou a todos sobre o que tinha acontecido. Contou sobre Jesus.

Devemos ter em mente o que Deus faz a cada dia e por esse reconhecimento nos fará agir como a mulher samaritana.

Devemos mostrar ao outros o ‘Maior Tesouro’ que recebemos e que não é nem ouro nem prata e sim a graça da vida eterna.

Vamos dar a essas pessoas uma ‘nova visão’, pois como nós eles são “cegos”, mas poderão ‘enxergar’.

Que a partir de hoje o Espirito Santo faça parte de sua vida e faça você espalhar o Maior Tesouro de Deus.

Que a paz do Senhor esteja convosco.

Muito Obrigado, por ter me dado esta oportunidade de mostrar o amor de Deus a todos que acessam este site.

Felipe Lenin

Faça seu comentário
Article

Propaganda – Dom. 17/06

Cada pessoa, sem exceção, está sempre tentando vender algo.

Para você começar uma amizade, você teve que se “vender”, se mostrar, apresentar as suas qualidades para que o grupo, ou mesmo uma pessoa somente te aceitasse.

Quando estamos em uma entrevista de emprego, nós fazemos uma super propaganda, pois ali estamos mostrando algo em pouco tempo de convivência. Muitas vezes vendemos nosso time de futebol, querendo convencer o outro de que nosso time é o melhor. Ou seja, tudo que fazemos esta relacionado com uma “venda”.

Só que para você conseguir fazer uma venda, você tem que ser o mais convincente, esperto, e sempre ter algo a mais a oferecer.

Mas será que isso está correto?

Profissionais de vendas conseguem te vender coisas, que em alguns casos você até já tem, mas de tão convincente você acaba comprando. Mas muitos desses vendedores não estão preocupados se você tem ou não, se tem como pagar ou não, só estão interessados na venda.

Em muitas igrejas esse cenário não é diferente. Muitos estão vendendo Jesus por obrigação, por acreditar e só visualizarem números.

Devemos sim fazer propaganda de Jesus, mas tem que ser espontâneo com amor e visto pelas pessoas em você, refletido em sua vida.

Viver a vida com Jesus, respirar com Jesus, seguir por onde Ele quer que andemos. Com isso as pessoas verão a propaganda brilhando por onde quer que você ande. Ele mesmo nos diz: “examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos ou não sabeis quando a vós mesmo Jesus Cristo em vós? Se não já estais reprovados.”

Fazendo isso teremos sucesso, pois estaremos vivendo aquilo que mostramos aos outros sobre o Criador e não sendo somente um vendedor que veste a camisa e vai ao trabalho. Seremos um vendedor em tempo integral, sem máscaras.

O nosso diferencial é que o preço de Deus é de graça.

Se avalie, e viva o que Jesus lhe oferece. Leve Jesus aos outros.

“Que a paz do Senhor esteja convosco.”

Felipe Lenin

Faça seu comentário
Article

Um principio bíblico – Dom. 10/06

Através de nossos pais podemos obter conhecimento sobre diversas coisas, crescimento para a vida, tanto espiritual como intelectual.

E o maior conhecimento que podemos aprender de nossos pais é sobre a palavra de Deus, e é através dela que vemos o quão gratificante é servir a Deus.

Foi através de Jesus que os apóstolos começaram a pregar; pregações que conquistavam corações de mil, duas mil e até cinco mil pessoas para o caminho de Deus; e através destes fiéis a palavra de Deus chegou até nossas famílias nos dias de hoje.

Alguns de vocês sabem como seus pais conheceram o Evangelho?

No caso da minha família, foi através de um tio, que no meio de suas andanças viu um “circo”, uma tenda com uma lona que cobria o local. Ele foi até minha avó, e pediu para que ela levasse todos nesse local. Depois desse dia, minha avó nunca mais deixou sua fé.

Depois de um tempo, esse mesmo tio que levou a família toda para a igreja, acabou abandonando sua fé, mas foi através dele que minha família conheceu os Adventistas do Sétimo Dia.

É através da Bíblia que lemos histórias emocionantes, como as de Moises, Abraão e outros profetas e apóstolos. Mas é ao nosso lado que temos exemplos de vida.

Hoje me emociono quando vejo a minha avó com setenta anos, de joelhos no chão orando por seus filhos e sua família. Setenta anos conversando com Deus. Emociono-me quando vou à igreja e vejo os idosos sorrindo e me abraçando com a maior sinceridade do mundo. Emociono-me, pois mesmo com esta idade avançada eles não deixam de fazer o trabalho de Deus.

E foi através de um princípio bíblico que todos nós, idosos ou novos estamos onde estamos; devemos dar continuidade ao trabalho por eles começado e mostrar a Deus e a eles que podemos sim, levar o evangelho.

Que a paz do Senhor esteja convosco

Felipe Lenin

Faça seu comentário
Article

Obediência ou Amor? – Dom. 03/06

Quantos se lembram de um homem chamado Abraão? Um homem que o próprio Deus lhe ofereceu uma aliança. “Quando Abraão tinha 99 anos o Senhor Deus apareceu à ele e disse: Eu sou o Deus Todo Poderoso, viva uma vida de comunhão comigo e seja obediente a mim em tudo. E eu farei a minha aliança com você e lhe darei muitos descendentes” (Gênesis 17:1, 2).

Abraão era casado com Sara, uma mulher estéril, ou seja, que não podia ter filhos. Como seria possível Abraão ter descendentes se Sara não podia lhe dar filhos? Talvez essa podia ser uma dúvida, que passava na cabeça de Sara ou de Abraão e com isso Sara tentou enganar a Deus fazendo com que Abraão tivesse um filho com Agar, sua serva.

Depois de Deus ter feito uma aliança com Abraão, Sara O magoa com uma atitude dessas. Isso nos mostra que somos assim, magoamos nosso amigos, por egoísmo, e achamos que está certo, ou às vezes somos machucados pelos outros da mesma forma que Sara, “machucou” a Deus.

Mas estamos falando de Deus, e Ele com todo o Seu amor nos perdoou. Anos à frente Deus lhe falou novamente e propôs uma nova aliança e um anjo disse: “No ano que vem eu virei visitá-lo outra vez. E nessa época Sara, a sua mulher terá um filho. Sara riu, pois estava muito velha para ter filhos. E o anjo disse: Por que Sara riu? Há alguma coisa impossível para Deus?

E como Deus falou, assim O fez, e Sara deu à luz a um menino chamado Isaque, sangue de Abraão. Como Deus é maravilhoso, e nos perdoa de todo coração… E Abraão, vivendo ali com seu único filho, acabara se esquecendo de Deus dando a sua atenção a seu Filho Isaque, mais uma vez vemos que somos falhos, pois quando Deus nos abençoa ficamos felizes, mas O esquecemos.

E Deus disse a Abraão: “Pegue agora Isaque, seu único filho a quem você tanto ama, e vá até a terra de Moriá. Ali, na montanha que eu lhe mostrar, queime o seu Filho como sacrifício” (Gênesis 22:2).

Imaginem o que se passou na mente de Abraão? Imagine se fosse conosco?

Mas Abraão com toda a sua obediência a Deus o fez como Ele lhe ordenara… E quando Abraão estava já na montanha com seu filho Isaque, pronto para colocá-lo dentro do fogo… um Anjo lhe disse: “Não machuque o menino e não lhe faça mal. Agora sei que você teme a Deus, pois não negou o seu único filho”.(Gênesis 22:12).

E Deus lhe proveu um cordeiro, para colocar no lugar de seu filho. A obediência de Abraão a Deus foi inquestionável, dar seu filho, seu único filho…

E foi assim que Deus fez por mim e por você. Ele deu seu único Filho para nos salvar, e nos perdoar. Isso é um Amor Grandioso e sem limites.

A obediência não vem da obrigação, ela vem do amor, o amor que sentimos uns pelos outros.

A obediência de Abraão veio de seu Amor a Deus e isso lhe fez descendentes de Nações e Reis.

Olhe as estrelas e contemple a promessa de Deus a Abraão, e veja o Grande Amor de Deus, pois graças a Ele podemos ver essas maravilhas… E Deus só lhe pede amor, lhe pede o seu Amor.

“Se me amais, guardareis os meus mandamentos” (João 14:15).

Que a partir desta noite, você possa Amar a Deus sobre todas as coisas; porque se Ele deu um Filho a Abraão, e me curou de um câncer Ele pode ter ajudar, basta amá-lo.

Que a paz do Senhor esteja convosco.

Felipe Lenin

Faça seu comentário
Article

Como Escolher – Dom. 27/05

Imagine você com sua empresa, e você precisa contratar mais funcionários pois o serviço está crescendo e você não dará conta. Com certeza você escolherá a pessoa mais preparada, com mais conhecimento possível para que a sua empresa continue crescendo.

Com Moisés não foi diferente, pois ele que foi escolhido por Deus para liderar sozinho um povo, e com a sua humildade os liderava. Mas Deus, viu que Moisés estava com dificuldades de liderar aquele povo e através de seu sogro Jetro, Deus o fez enxergar uma forma diferente de liderar.

Deus fez com que Jetro lhe desce um conselho: “Não é bom o que fazes, certamente desfalecerás, assim tu, como estes povo que esta contigo, por que isto é pesado demais; tu só não podes fazer” (Êxodo: 18:17,18)

“Ensinar-lhes-ás as Leis e lhes mostrarás o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer”(Êxodo: 18:19)

“Mas você deve escolher alguns homens capazes e coloca-los como chefes do povo: chefes de mil, de cem, de dez; devem ser homens temente a Deus, que mereçam confiança e que sejam honestos em tudo”(Êxodo:18:20,21)

Moises depois de receber o conselho de seu sogro, o pôs em prática e procurou minuciosamente pessoas iguais as que Jetro havia explicado; e quando escolheu, a Bíblia nos mostra que o conselho de Jetro vinha de Deus.

A irmã White fala que:

“Por causa de obreiros não consagrados, as coisas por vezes irão mal. Podereis chorar os resultados do mau procedimento de outros, mas não vos acabrunheis a obra está sob a supervisão do Bendito mestre, tudo que ele pede é que os obreiros vão ter com ele para perceberem suas ordens, e que obedeçam as suas orientações.

Todas as partes da obra – Nossas Igrejas, Missões, Escola Sabatinas, Instituições – Tudo Ele tem no coração. Por que preocupar-se?

O intenso anelo de ver a igreja impregnada de vida tem de ser preparado com inteira confiança em Deus… Não sobrecarregue ninguém às faculdades que Deus lhe deu, num esforço por promover mais rapidamente a causa do Senhor. Não pode o poder do Homem apressar a Obra; e ele tem de unir-se ao seres celestiais… Mesmo que todos os obreiros que agora suportam os mais pesados encargos fossem postos de lado, a obra de deus seria levada avante.” (2TS. 353 e 354 – 1902)/(Eventos Finais – pág. 73)

Irmãos, estamos na igreja por um único motivo, não pela nossa salvação, mas sim pela salvação do próximo, do que adianta tentarmos ir para os céus sozinhos? A Igreja foi feita para ensinar ao próximo sobre o nosso Criador, pois aprendemos e depois ensinamos e foi assim com Moisés, ensinou seus escolhidos no caminho onde deviam andar e depois eles ensinaram aos outros.

Devemos fazer igual a Moises, e sempre pedirmos a orientação de Deus.

Que a Paz do Senhor esteja convosco.

Felipe Lenin

Faça seu comentário