Archive by Author
Article

Foco – Qua. 01/02

 

Jesus aproxima-se. Simão vê atento. Observa o Salvador de sua vida, mas seus olhos não lhe revelam esse segredo. Concede o barco para que pregue ali. Simão ouve, cansado. Jesus prega com poder. E no fim da cena, diz para Simão voltar a pescar, um pouco mais ao fundo.

“Mestre, nós trabalhamos a noite toda e não pescamos nada. Mas, já que o Senhor está mandando jogar as redes, eu vou obedecer.” Convence os companheiros de pesca, já emburrados. Lança as redes no mar e confiança nas palavras de Jesus.

Aquele sería um dia de visão. E sem mais demora, acontece o milagre. Mesmo olhando para o que de costume via, através dos muitos peixes, vê o Mestre. Pedro se impressiona ao ver poder, ao ver domínio.

Nascemos distantes do Pai. Não compreendemos a voz de Deus. Não sabemos como Deus age. Menos ainda o que Ele pensa. Como comanda todas as coisas? Como me dá chances, sabendo que vou cair na próxima oportunidade.

“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.” (Saramago)

Você já viu a Deus? Ou melhor, reparou em Deus? Há quanto tempo não percebe Deus agindo na sua vida, ou mesmo fala com Ele algumas palavras sinceras. Onde deixou o amor que sentia, ou a pureza que cultivava.

“Viu em Jesus alguém que tinha toda a natureza sob Seu comando. A presença da divindade revelou sua própria impiedade. Amor por seu Mestre, vergonha de sua incredulidade, gratidão pela complacência de Cristo e, sobretudo, o sentimento de sua impureza na presença da pureza infinita, tudo o subjugou.” (Ellen G. White)

Longe ou próximo de Deus, sou levado a me esconder dEle. Não consigo olhá-lo nos olhos. Deus é o único que pode se aproximar de mim. Abro meu coração. Não podemos mais permitir que o mundo nos separe de Cristo. Ele está voltando. O que você precisa deixar hoje na sua vida, para Cristo se revelar a você. E o que te consome os olhos?

Quando vier Jesus, e morar em seu coração você verá a vida a partir dos Seus olhos. Dará o devido valor para as pessoas. Decida hoje, firmemente, olhar para Cristo. Direcione seu foco. Posso viver feliz…

Rodrigo Matias Palheiro

Faça seu comentário
Article

Valor da liberdade – Qua. 25/01

Só conhece o valor da liberdade, quem já viveu condenado. Um ex-criminoso depois de cumprir sua sentença. Um ex-viciado, depois de alcançar cura. Uma ex-prostituta, depois de deixar as esquinas cruéis. A condenação cega e torna moribundo. Suga vida. Deixa marcas. E o homem nasceu condenado.

Por haver pecado, há salvação. Por haver condenação, há graça. E a graça já existia antes da condenação. Cristo veio ao mundo oferece-la a todos. “A luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz.”

Com a prática do mal, o homem perdeu a sensibilidade e não compreende o valor do livramento que recebeu. Não compreender, outrora, se torna em não crer. E por não termos fé, deixamos de receber o único livramento gratuito. “Quem crê, será salvo”. Simples assim. Aquele que crê em Jesus não é condenado. É considerado justo, e inocente. É perdoado.

A questão, afinal, é crer em Jesus. Por favor, amigo, não espere compreender para crer. Por que apenas Deus deu seu único filho pela humanidade. Só Ele morreu para te dar vida duas vezes. Crer é confiar. E confiança é pra poucos. Só se confia em melhores amigos.

Cristo deseja ser seu amigo, morar no seu coração. Ele quer retirar as lembranças ruins, renovar as virtudes, reformar a pureza. Ele já decidiu isso, agora quem decide é você. Posso viver feliz…

Rodrigo Matias Palheiro

Faça seu comentário
Article

Não sei explicar – Qua. 04/01

Olá amigos…

Sou novato aqui no comentário jovem, mas já sou feliz por dois motivos. 1) pela chance de escrever aqui, mesmo sem ser pastor ou graduado na teologia. 2) por que comentar a lição também me fará estudá-la. (sim, tenho dificuldade de estudar sete dias.) é um prazer e fico feliz por poder errar junto com vocês.

Falei errar, mas, não se assuste. Não precisamos ter medo do erro. Nesta primeira lição deu pra ter uma noção de como Deus é imenso, e como os textos são limitados pra explicá-lo. Por isso, já no primeiro comentário, aviso a vocês que decidi não falar bonito, ou tentar explicar coisas que nem eu entendo. Meu objetivo é tentar ver a essência destes assuntos diários e importantes para nosso crescimento.

E eu aprendi que Deus se revela de forma plural e singular em todos esses versos. Gen 1:26, 27; 11:7, 8; Isa 6:8; 2Co 1:20-22. É mais do que suficiente pra sabermos que Deus de fato é plural e singular ao mesmo tempo. Não sei como é a trindade, mas ela está lá.

Gostei da postura do escritor da lição ao dizer “com nossa mente finita e caída, esse ensino não é fácil de compreender completamente. mas que importa isso?”. Fantástico. Começamos bem. Somos muito pequenos para descobrir quem é o Senhor.

Nosso papel é buscar esse conhecimento e o Senhor há de revelar. Por isso quero agradecer por você ter começado bem, vindo até aqui para seguirmos juntos nessa busca.

Rodrigo Matias Palheiro

Faça seu comentário